Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

FELICIDADE

"Felicidade é o seu direito de nascimento e a grandeza do espírito. Problemas vêm e vão, mas sua felicidade nunca deve deixá-lo, porque os problemas são situações externas que surgem a partir de outros. As situações virão e irão. Mas a felicidade deve permanecer. Felicidade é sua propriedade. Cuide muito bem dela porque ela lhe pertence. Nada e ninguém podem tomar o que é seu.” B. K.

CONTENTAMENTO

“Durante o dia procure verificar qual a percentagem de contentamento que há em você e nas pessoas com quem você se relaciona. O sinal do contentamento é ser leve e feliz em sua mente. Como resultado, os outros também permanecerão felizes. Limpeza e honestidade nos relacionamentos produzem contentamento. Por isso é dito que onde há verdade a alma dança. Limpeza significa pureza da mente, palavras, ações, relacionamentos e conexões. O Supremo fica satisfeito com uma mente e um coração limpos.”B. K.

AUTO-OBSERVAÇÃO

"O ator desempenha seu papel no palco, permanecendo completamente envolvido com tudo que está acontecendo. A pessoa que está na platéia também está atenta ao palco mas com um estado de consciência diferente. Eu preciso aprender a ser ambos nesse jogo da vida: eu tenho que ser um ator e um observador. Ser capaz de dar um passo atrás e olhar as coisas a uma certa distância. Isto trará fé e confiança de que a luz acabará com a escuridão."
BK Jayanti, Coping with negativity, The World Renewal, September, 1998

REPROGRAMANDO A MENTE...

“Esquecemos o que devemos lembrar e lembramos o que devemos esquecer. Esta é uma realidade. Esquecemos aqueles nos fizeram sorrir, lembramos daqueles que nos fizeram chorar. Esquecemos o que deu certo, lembramos o que deu errado. Esquecemos de lembrar de Deus, lembramos do que nos causa temor. Esquecemos das virtudes, lembramos dos defeitos. Esquecemos as soluções, lembramos das preocupações. Para inverter a equação, lembre-se que você é o mestre da mente. Então diga à ela: “A partir de hoje, lembre do que deve lembrar e esqueça o que deve esquecer.”B. K.

DÊ UM FERIADO PARA A MENTE...

“No coração de nossa consciência há três servos valiosos que, às vezes, fogem da nossa gestão. Uma mente veloz e tagarela; um inte­lecto analítico com perguntas intermináveis e uma memória sempre a murmurar. Dê um feriado para a mente. Dê uma chance para o intelecto ouvir e observar ao invés de per­guntar e procurar. Deixe os trens da memória virem e irem evitando neles entrar. Essas são as atitudes do mestre que deseja restaurar as faculdades da consciência e retornar à posição de autocomando”. B. K.