Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

Vasculha o escuro...

tela de Van Gogh

"Não durmas,
senta com teus pares

A escuridão oculta a água da vida.
Não te apresses, vasculha o escuro.
Os viajantes noturnos estão plenos de luz;
não te afastes pois da companhia de teus pares."
Rumi

A Lua Nova

Rabindranath Tagore

"Como discutem e como gritam!
Como desconfiam e se desesperam!
Nunca param de brigar!
Que tua vida se ponha entre eles, inalterável e pura
Como uma língua de luz
E lhes imponha silêncio com sua formosura.
Que cruéis os torna a cobiça e o ciúme! Como
Violências disfarçadas sedentas de sangue são suas palavras.
Ponha-se entre seus corações irados e que
Teu olhar sublime caia sobre eles como cai a indulgente
Paz do anoitecer sobre a batalha do dia.
Deixe que olhem tua face
E que assim compreendam o sentido de todas as coisas.
Que te amem, e assim amem um ao outro.
Vem ocupar teu lugar nos braços do Eterno.
Abre e levanta teu coração ao nascer do sol, como uma nova flor.
E quando o sol se pôr, inclina tua cabeça e reze
Em silêncio a oração da tarde."

Lua Nova de Libra

A Lua Nova anunciou sua chegada hoje, 29 de setembro, às 5h13.

Por José Maria Gomes

O Sol e a Lua se encontram no fulcro da balança. Uma nova Lua se apresenta para todos nós. É o tempo lancetar sementes em busca do ponto de equilíbrio nas relações humanas, entre o "eu" e o "outro": o "nós". Quantos nós nos impedem de viver esse encontro! Entre eles, os limites do próprio ego.

Aprender a conjugar o nós é uma arte, a arte do eu com outro, eu com outro - encontro: a arte da composição. Mesmo a mais dura pedra, como o Monte Cristal, na serra do Caparaó, é capaz de compor, em sua elevação, com variadas espécies de vegetação. Porque nós, seres humanos, temos tantas dificuldades de conviver com as diferenças? Seja por cor da pele, se é marrom ou cor de rosa, seja por diferentes credos sob um mesmo Deus, ou pelo gênero masculino e feminino, ou ainda por idade, por classe social, encontramos toda variedade de motivos para divergirmos, dissociarmos e nos enquistarmos…

Sol...Consciência, disciplina, movimento circular...

Saudar o Deus Sol (sabedoria) é muito mais do que seguir uma seqüência de posturas físicas com ritmo e fluidez. É um desafio revelador quando praticado dentro da filosofia de vinyasa krama - cada passo realizado de forma consciente. Como diz Pedro Kupfer, “você deve estar consciente de que Sávitri é a inteligência que está por trás do Sol e de toda a criação, a fonte de todas as formas de vida, e de que é a mesma inteligência que anima o seu corpo e graças à qual você existe”.

O Yoga é um conhecimento tão profundo que a disciplina é fundamental para estudá-lo, para se chegar à consciência da União contida na palavra sânscrita “yug”, que significa comungar, unir, ligar o homem à sua própria e íntima realidade.

Essa disciplina, que tem origem na mesma raiz da palavra discípulo, é a capacidade de aprender, de saber, de se entregar ao conhecimento. Ou seja, a capacidade de ser em cada uma das posturas do hatha yoga. Quando começamos a meditar em cada postura, estamos começando a desenvolve…

Liberdade...

Rabindranáth Tagore, que nas palavras de Yogananda "nenhuma concepção idealizada de um poeta poderia achar encarnação mais adequada do que este suave cantor", no poema abaixo (do livro "Autobiografia de um Iogue", p. 254) me fez refletir sobre a importância da expansão da consciência rumo à liberdade...A educação, a arte, o yoga, a dança, a capoeira, e tudo o que nos aproxime de nós mesmos reconhecendo no outro a mesma essência - leva ao Todo, à libertação.

"Onde a mente é destemida e a cabeça se mantém erguida;
onde o conhecimento é livre;
onde o mundo não foi dividido em fragmentos pelas estreitas [paredes domésticas;
onde as palavras brotam das profundezas da verdade;
onde o esforço infatigável estende seus braços para a perfeição;
onde o límpido regato da razão não se embrenhou, perdido, nas [sombrias areias desérticas da rotina estagnada;
onde o espírito, guiado por Ti, avança rumo ao pensamento e à [ação sempre mais amplos;
dentro desse firmamento de liberdade, …

Experimentando...

"Quando você toca um pedaço de tecido, você é capaz de sentir a qualidade do material. Você percebe isso através de uma sensação física. Você também sente coisas através da mente, usando sua habilidade racional ou intuitiva.
Mas o nível mais profundo pelo qual sentimos as coisas é espiritual. E isso acontece quando vamos para dentro e percebemos como estamos. No âmago do coração de cada um existe amor, paz e felicidade. Podemos escolher que qualidades queremos experimentar. O método para isso é a meditação - a jornada interior ao centro."
Mike George

Feminino...

Osmar Filho

"Flores e frutos
Triângulos, retalhos
A ponta da asa da graúna
Os dentes do carnívoro
Formas todas
Desenhos, rastros de desejos
Estampados em azuis vestidos
Vestidos sem forma
Vestidos sentidos outros
Vestidos vestidos
Eu não saberia dizer que
Vestidos despidos
Ainda vestidos de um rasgo
Um grito, uma réplica
Vestida de azul, prata e ouro
Vestidos de um jeito mais novo
Que a fruta mais doce
Ah! Eu queria ter
Um vestido para te dar
Ah! Eu queria vestir
O vestido que irei tirar
Não de ti, de mim
Envergonhado de me vestir de mim."

Irmandade...

Essa foto dedico a um irmão que reencontrei recentemente e que tem me ensinado muito sobre amizade.

Um cheiro pessoa especial!

Conectando com o centro...

Sempre falo nas aulas para os alunos buscarem o seu centro, o seu eixo, sentindo a energia fluindo através da respiração, do alinhamento, da expansão do corpo e da presença da mente no aqui e agora. Se exercitarmos essa intenção na vida cotidiana conquistaremos passo-a-passo uma atitude interior mais estável...Estou no sankalpa!

Dividindo uma reflexão com vocês da Brahma Kumaris (Ong pela paz mundial)...

“Haverá um dia em que você será capaz de conhecer os sentimentos de alguém simplesmente através dos sinais dos olhos. Não será preciso falar ou ouvir. Existirá a conversa da alma - que é chamada de conversa de coração a coração - assim como existe a linguagem verbal. Quando você conseguir estabilizar seus pensamentos, você captará os sentimentos dos outros de maneira fácil e clara. Estabilidade na mente é ter um intelecto limpo. Para isso torne-se imperturbável, impassível e incansável em sua vida.”

Pedalando e dirigindo consciente...

Como dizia Paulo Freire, construtor de uma Educação Transformadora, "é necessário não só conhecer o mundo, é preciso transformá-lo". Conhecer para Freire não é um ato passivo do homem frente ao mundo, é antes de tudo conscientização.

O 22 de setembro é o Dia Mundial Sem Carros. Ao redor do mundo, multiplicam-se ações pela construção de cidades mais humanas e de um mundo mais sustentável e menos violento, com ações anti-consumo, anti-carro, anti-guerra, anti-globalização corporativa, em favor da criatividade, dos meios de transporte sustentáveis, da convivência no espaço habitado e da valorização da diversidade cultural e econômica.

O uso de bicicleta como veículo de transporte está contagiando cada vez mais os cariocas. Ao sair todos os dias com a minha bicicleta, observo que a cada dia mais pessoas estão com as suas na rua, seja passeando, indo pro trabalho, levando filhos na escola...Uma opção bem econômica, visto que pra ir e voltar de qualquer lugar próximo são R$ 4,20, no…

Um verdadeiro relacionamento...

“Pelo fato de não amarmos a Terra e seus produtos, mas apenas fazer uso deles, perdemos o contato com a vida ... Perdemos o sentimento de ternura, essa sensibilidade, essa reação positiva diante das coisas impregnadas de beleza. Somente com o reativamento dessa sensibilidade é que poderemos entender o que é um verdadeiro relacionamento” . J. Krishnamurti

Desafio

"Não podemos pensar que as coisas sempre vão ser como gostaríamos que fossem. Que o comportamento dos outros irá combinar com os nossos sentimentos, atitudes e valores; que eles serão sempre suaves conosco. É dito que tanto a chuva como o sol são necessários para formar um arco-íris. São os desafios que criam os campeões."
BK Suredran, Self-esteem and human relationships, World Renew, December,
2003

Indian Sounds

No próximo sábado, dia 20/09, às 17h, vai rolar o Indian Sounds com Surendra e as Devis no Parque das Runas em Santa Teresa...
Com seu projeto multicultural, o grupo convida para uma imersão nos sons, ritmos, cores e sabores da Índia tradicional e contemporânea, através de seus Mantras, Bhajans e Ethnic Sounds.
O grupo é formado por: Surendra (vocal, tamboura eletrônica e violão, Janaki (backing vocal, tabla eletrônica e kartal, Ishwari (backing vocal e harmônio), Kusuma (backing vocal).

Para conhecer o trabalho do grupo clique aqui

Uma boa pra quem curte!

cheiro,

Transmutação

Ouça o silêncio. Concentre-se em sua respiração, relaxe os músculos da face, as mandíbulas, maxilares, o topo da cabeça deixando-o receptivo pro céu. Leve os sentidos para dentro da moldura de seu corpo, conecte-se com o seu coração (se quiser leve as mãos em prece tocando o centro do peito).
Observe a imagem acima e medite no aqui e agora, sempre expressando um contentamento em forma de leveza e de um espontâneo sorriso na face(santosha) vindo do centro do seu peito, lá do fundo do seu coração.

Fique pelo menos uns 3 minutos observando a mandala. Depois relaxe os olhos esfregando bem forte e aquecendo as mãos e levando nos olhos em forma de concha três vezes. Deite na postura do relaxamento (Savasana) e se observe por uns 5 minutinhos.
Se sentir vontade, ao final escreva a sua experiência e compartilhe.

um cheiro,
Mari

Contentar-se de contente...

Em minhas últimas aulas falei algumas vezes para os alunos relaxarem a face e ensaiarem um suave sorriso vindo do centro do peito, aquele que expressa um contentamento (santosha) que vem de dentro, da alma...È tão prazeroso quando conseguimos estar numa postura, seja na prática em sala de aula ou no cotidiano, relaxados mesmo que conscientes das ações internas de cada parte do corpo, da respiração, com amente alerta e o coração leve...
Li um romance recentemente em que um xamã da Indonésia ensina a meditar sorrindo...Achei tão incrível...Pra mim praticar yoga (asanas, meditação ou a filosofia) é algo tão prazeroso que desperta o sorriso, o estado relaxado e assim sinto a vitalidade banhar meu SER...
Era isso...Queria compartilhar essa minha alegria interior, esse contentar-se de contente a cada prática, a cada meditação, a cada passo...Vinyasa Krama: atitude interior é tudo nesta Kali yuga!

Hari Om!

Honestidade

"É fácil tornar os outros nossos amigos, mas apenas aqueles que são honestos e sinceros podem tornar Deus seu Amigo. O poder da honestidade e da verdade traz consigo todos os outros poderes. Aqueles que tornam forte seu coração experimentam grande felicidade. Os filhos honestos de Deus não têm lágrimas de tristeza em seus olhos, apenas lágrimas de amor. Eles aprenderam a sentar em prazer e sorrir para todos. Aqueles que permanecem felizes e celebram a vida com felicidade recebem poder para remover a tristeza dos outros." Dadi Prakashmani

Vamos plantar as sementes de nossos SONHOS?

No próximo dia 15, às 9h15, a Lua Cheia entra em Peixes e o Sol em Virgem. Uma oportunidade para semearmos nossos sonhos, pois a combinação da terra com a água favorece a fertilidade e a plantação de sementes!

Sempre tive adoração pela energia da Lua, seja ela cheia, crescente, minguante ou nova (quase invisível), mas a energia da cheia é tão próxima do Yoga. É para mim um símbolo de União, de conexão com o Todo.

Virgem nos dá suporte, através da realização produtiva organizada, segura, além do sentimento de responsabilidade para com o Todo. Peixes e sua energia do sensível nos revela a compaixão, a confiança, o desprendimento. Ou seja, se nos sintonizarmos com essas energias não haverá espaço para os medos, limitações, e seguiremos conectados com um mundo mais ecológico (com sentido de uma percepção de interligação), plantando com ARTE as sementes de nossos sonhos.

Hari Om. Aho! Axé! Shalom! Alegria!

Mente e coração...

OFICINA DE CONTADORES DE HISTÓRIAS

Eu fiz e super recomendo...

“a fala humana anima, coloca em movimento e suscita as forças que estão estáticas nas coisas" A. Hampa Té Bã

Francisco Gregório Filho é escritor, contador de histórias e especialista em pipas artísticas (feitas em pano e madeira), trabalha do Paço Imperial – Rio de Janeiro, e antes do livro Difícil Passagem publicou Guardados do Coração, Grávidas Histórias e Lembranças Amorosas, também é autor de Dona Baratinha e Outras Histórias.

MÓDULO I - outubro 2008
Terças e Quintas - 14 às 17horas
Sábados - 14 às 18horas

Público: Educadores, estudantes e profissionais de diferentes áreas.
Objetivo: Apoiar o contador de histórias, oferecendo-lhe suporte técnico a partir de referências teóricas e bibliográficas, e prático, por meio de ambiências e vivências de narrativas pessoais e autorais.
Local: Paço Imperial
Informações: Setor Educativo, Paço Imperial - Tels.: 2533-4407 Ramal 250
franciscogregorio@pacoimperial.com.br
Vagas limitadas - Inscrições abertas…

É Primavera...Tempo de florescer...

No calendário sagrado a Primavera é uma época de muito florescer, a natureza nos presenteia com beleza, tesão, espontaneidade, admiração, vitalidade, espiritualidade, clareza, visão, amplitude, simpatia, frescura, novidade, verdade, entusiasmo e criatividade, disposição para se relacionar...

Mas como diz nosso astrólogo e homem sábio Hector Othon, também é tempo de trabalhar, de recomeçar, de arrumar a casa interna, estudar, ampliar a visão, expandir, se esvaziar, se abrir pro novo...

Temas que podem ser trabalhados:

- A infância e a adolescência. Realizar atividades que foquem a criança interior. Concientização dos mecanismos de controle perversos, abandono das emoções negativas de infância. Transmutação do negativo em positivo. Cura das atitudes.
- Os começos. É um bom momento para iniciar uma nova vida. Detecte onde adotar novas atitudes, onde se deve morrer. Especialmente observe o que foi amadurecido durante o inverno, o que durante os meses de julho, agosto e setembro foi desejado, …

Saudação ao Sol

Algumas pessoas têm me pedido dicas de como praticar yoga em casa por causa da falta de tempo. Falo que essa questão é alvo de muitas reflexões...Você tem sede de que? Você tem fome de que? Tempo é algo bem relativo...E a falta dele uma questão de ESCOLHAS!!!

Mas acho que iniciar é sempre um começo...Risos! Se a saúde estiver bem e se já tiver consciência da respiração, a mente presente no aqui e agora, noção de alinhamento, base em ahimsa (não auto-violência), entre outros atributos...A prática da Saudação ao Sol é indicada. Assista o vídeo clicando aqui ou siga a sequência da imagem acima (do site de meus professores.

Mais equilíbrio...

"Tornar-se espiritual não é uma questão de aprender técnicas, cânticos ou rituais. Crescimento espiritual significa manter o equilíbrio. Com equilíbrio ganhamos perspectiva, nos mantemos dentro da realidade e aprendemos a evitar extremos. Extremos segregam e separam. No equilíbrio há reconciliação, mesmo com aquelas coisas que parecem ser opostas."

Hoje dando aula trabalhei equilíbrio e percebi o quanto é desafiador para quase todos os alunos uma postura como vrikshasana (da árvore). Lembrei de uma frase que o Paulo Murilo repetiu muitas vezes em suas aulas: "Yoga não é ficar de cabeça para baixo, é ficar de pé sobre os próprios pés." Aparentemente bem simples, mas na prática nem tanto. Numa postura básica como Tadasana (postura da montanha) é preciso fundamento, alinhamento com o centro (umbigo), expansão (centro do peito, clavículas...), alongamento da coluna, relaxamento de ombros (encaixe das escápulas), ação e relaxamento num mesmo corpo, foco e respiração cons…

Equilíbrio...

“Na extensão em que você é humilde deveria haver o sentimento de ser um mestre. E na humildade deveria haver a virtude de servir. Verifique se o seu intelecto tem o equilíbrio entre humildade e maestria. Às vezes, extrema humildade causa prejuízo e às vezes o sentimento de ser um mestre causa problema. Por isso deve haver equilíbrio entre os dois. Haverá grandeza na mesma proporção em que houver equanimidade.” Brahma Kumaris

Esta reflexão me lembrou um dos muitos assuntos levantados durante o workshop do Pedro Kupfer neste último fim de semana...Para o professor de yoga, e acredito para muitos outros papéis sociais, equanimidade é o caminho, assim como relativizar e não julgar, pois diante da impermanência não há verdade absoluta.

Era isso.

Paz e luz sempre!

"NANA PARA UN NIÑO INDIGENA"

Ismael Serrano

Duerme mi cielo,
mi niño eterno, dueño del mundo,
mi corazón.
Despertarás y habrá acabado la larga noche
y su terror.
Vendrá la luz y el amanecer posará en tus labios
la esperanza que sueñan los pueblos originarios.

Sueña Pichiche,
con las praderas donde el manzano
ya floreció,
en esa tierra en que el huinca aprende
nuestros amores, los que olvidó.
Él allí comprenderá que tu gente quiera romper
las alambradas que cierran la ruta a Peumayen.

Duerme, mi pequeño,
que en el país al que vas dormido
escriben la verdadera historia los vencidos
No temas despertarte,
que la luz que se cuela por el tamiz de tus sueños
alumbra esta noche y limpia el cielo del mundo.
Duérmete y que vuestro sueño custodie el futuro.

Duerme mi wawa,
la Pachamama besa tu frente y en su interior
guarda su oro negro y volátil, para ofrecértelo a ti, mi amor.
Duerme que un sueño nos salvará de tanto olvido,
y espantará al águila que acecha al puma herido.

Dulce paal,
duerme tranquilo, que aquí a la selva no llegarán
el monstruo con …

Ásana, pranayama e concentração: força, energia e consciência

Divulgando...

Sinopse do curso:
Ásana é um método de disciplina física e sutil, origem indiana, que desenvolve força, alongamento muscular e flexibilidade articular, sem estressar o corpo. No entanto, a prática dos ásanas no contexto do Yoga pode ser muito mais do que isso.
Neste curso apresentamos a prática dos yogásanas, abordando sua execução correta, respiração adequada, atitude interior, alinhamento, consciência corporal e movimento. Nesse contexto, praticar ásana significa construir um corpo novo, um corpo "transubstanciado", em que o humano torna-se consciente da sua identidade divinal.
Pranayama significa "expansão da energia vital". O termo designa os exercícios respiratórios do Yoga. O pranayama possui um efeito muito poderoso sobre a fisiologia e o sistema respiratório. Entretanto, prana não é sinônimo de ar apenas. A verdadeira finalidade do pranayama é controlar as flutuações do pensamento.
Os shastras dizem que "o ar tece o Universo", e ainda que…

Noite e dia...

“Sob a luz da lua tudo é mistério
Os raios do sol tudo despertam
As sombras são convocadas a dançar
As sementes crescem e ensaiam pétalas
As estrelas guiam pra eternidade
Clareando a mente e criando corpo
Num sonho que vai além do horizonte
Vou para onde a leveza existe
Desvendando enigmas inexistentes
Para além das noites e manhãs, em silêncio.”

Mais um para compartilhar com vocês!!!

Criatividade

Estou começando a trabalhar a minha energia criativa para nutrir este blog. Escrever sempre foi uma descoberta do que se passa em mim. Muitos poemas me fizeram perceber melhor minha existência, minha luz e minha sombra. Vou dividir com vocês um poema que escrevi outro dia, voltando de uma aula após uma breve meditação...

"Para mergulhar no si-mesmo
O melhor é o silêncio
Não melhor que a dança,
A música, a poesia...
Ao observar as estrelas
Nada mais se movimenta
A mente nem levanta
Escuto as batidas do coração."

Hari OM!

Uma Introdução ao Estudo da Bhagavad Gita

Divulgando...

Curso de Extensão - Ciência e Tradição: Uma Introdução ao Estudo da Bhagavad Gita
Programa PACEM / UFRJ - Projeto de Educação Continuada e Crítica em Ecologia da Mente.

Prof. Rubens Turci, McMaster University, Doutor em Filosofia e Religião da Índia.
3° sábado do mês das 14 às 18h (início dia 20 de setembro)
GRÁTIS – poucas vagas

Local: Av. Venceslau Brás,71 - Urca
Informação/inscrição: 9945-7484 / 2552-5122
INSCRIÇÃO PELO E-MAIL: ecologiadamente@terra.com.br

Já fiz minha inscrição!

Namaskar!!

A Essência do Yoga...

"Buscando o que é, você encontra o que não é.
Encontrando o que não é, você acha o que é.
Yoga não é apenas o lugar onde você chega.
Yoga é o caminho que você caminha." PK.

Achei que este pensamento tem tudo a ver com Vinyasa Krama, pois para ser consistente, a prática de yoga deve ser de dentro pra fora. Ao conquistarmos o equilíbrio interno, nosso corpo fica estável, saudável, leve e solto, diria, e assim o coração e a mente se abrem mais facilmente para as possibilidades alegres da vida. O caminho fica cada vez mais verdadeiro (despido de alguns véus de maya=ilusão) e experimentamos níveis de consciência de si-mesmo cada vez mais profundos.

Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...Jaya, jaya Shiva Shambo...