Pular para o conteúdo principal

ALINHAMENTO PARA O RETIRO DE YOGA DE OUTONO


Depois dos dias quentes de verão e do clima de férias, nada como focar a energia, conquistar mais estabilidade, vitalidade, clareza e serenidade para seguir confiante em direção de seus objetivos. Como nos diz Iyengar, “a saúde começa com a firmeza do corpo, aprofunda-se até a estabilidade emocional, conduz à clareza intelectual, à sabedoria”.

A vida nas grandes cidades acaba consumindo tempo e energia de tal forma que parece que estão todos ligados no piloto automático. Só se percebe o estrago quando surge algum desconforto no corpo físico. Você já se deu conta disso? Parou para observar a quantidade de ações que acontecem ao longo de um dia sem uma verdadeira percepção e presença?

Ao atuar desta forma, aos poucos vai ocorrendo um afastamento daquilo que realmente nos alinha com nossa natureza. Vários alunos param um tempo de praticar e quando retornam revelam que estavam tão consumidos pela rotina da vida diária que não viam a hora de voltar pro yoga para respirar. A respiração é algo tão natural, tão primordial.

Um retiro é um espaço-tempo favorável para aprofundar sua prática de Hatha Yoga, para se revitalizar, se observar, se escutar, aquietar a mente e se alinhar com seu propósito de vida. Quando colocamos foco no que realmente é importante, o tempo não é impedimento para realizar o que é preciso. Acredite!

A decisão de se “retirar” por um final de semana para praticar Hatha Yoga - posturas psicofísicas, exercícios respiratórios, cantar mantras, relaxar profundamente, meditar – é uma atitude muito positiva. Já revela um desejo de atuar no mundo com mais consciência. Também é uma oportunidade para tornar-se uma pessoa melhor para todos a sua volta - filhos, família, parceiro e amigos.

O Retiro de Yoga do Outono tem o propósito: de facilitar esse alinhamento com as resoluções para o ano de 2011. Ao trabalhar o corpo, se revitalizar com prana (energia vital) e silenciar - dentro de uma atmosfera de auto-observação -, é possível fazer um balanço mais profundo de tudo que foi vivido nos últimos anos e renovar as intenções e energias para novos projetos de vida.

O Hatha Yoga, por meio de suas práticas e técnicas milenares, propicia um equilíbrio interno, balanceando os aspectos físicos, emocionais e energéticos – dos mais densos aos mais sutis. Swami Sivananda explica que “yoga é a integração e harmonia entre pensamentos, palavras e ações, ou integração entre cabeça, coração e mãos”.

No sânscrito temos a palavra sankalpa que significa "vontade, propósito, determinação”. Para ter um sankalpa é importante definir suas intenções e ter a consciência de como dar o primeiro passo para conquistá-las. Por exemplo, no último retiro que fiz muitas pessoas se alinharam com o propósito de ter mais disciplina para dedicar tempo para se cuidar.

Alguns deram o feedback de que com a vida mais organizada e focando a energia do que realmente importa, o tempo começa a ser aliado e então conseguem praticar o hatha yoga, meditar, estar com a família, reeducar a alimentação, fazer um curso que desejam, entre outras coisas. Para isso, experimente a proposta abaixo. Você será apoiado a partir de agora e ao longo de todo o retiro pelas práticas, pela presença das professoras e pelo compartilhar de experiências.

UMA PROPOSTA PARA NOS ALINHARMOS ATÉ O RETIRO

Durante os próximos dias que antecedem o Retiro de Yoga do Outono experimente dedicar alguns minutos do seu dia para ficar sozinho, respirar tranqüilo, aquietar a mente. Permaneça em contato com seu interior, seus ritmos internos, sua respiração - sinta-se presente. Se desejar, reserve um tempo para escrever suas experiências. Você também pode fazer isso em algum momento de sua aula de Hatha Yoga, no início ou ao final, após o Savasana.

O segundo passo é concentrar sua energia nas suas intenções. Experimente responder a pergunta: “Por que decidi fazer um Retiro de Yoga no início do ano?” Observe como essa intenção faz você se sentir. Que emoções, sensações e pensamentos surgem? Tente não fazer julgamentos. Agora contemple como gostaria de se sentir durante o próximo ano. Tente refletir sobre ‘como um retiro de yoga pode ajudá-lo em seu propósito’ e ‘que posturas e atitudes você pode assumir para aproveitar ao máximo esta oportunidade’.

O propósito é que você vá mais fundo em cada experiência ao longo do retiro, seja numa postura, num exercício respiratório, cantando mantra, meditando, conectado com a natureza a volta ou expressando-se livremente. Experimente usar um “diário de prática”, e escreva tudo o que estiver sentindo, pensando, percebendo dentro e fora de você.

Renove suas intenções para 2011. Este é o tema do Retiro de Yoga de Outono Experimente este alinhamento com o mergulho que faremos nos dias 18, 19 e 20 de março. Tenha a certeza de que será uma experiência inesquecível e reveladora!

Qualquer dúvida estou a disposição para ajudá-lo. Entre em contato através do e-mail ou telefone: (21) 8221-3933/yogamariana@gmail.com
Hari OM!

Comentários

  1. Namaste!!

    Pronto para mais uma jornada de transformação e realização que não tem fim e se renova à cada estação? Neste momento nos preparamos para a introspecção, para o início do outono, tempo de digerir nossas idéias, nossas metas...

    Hari OM!

    Mari

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Om. Shanti, Shanti, Shanti.

Postagens mais visitadas deste blog

INSPIRAÇÃO...

O mestre iogue B. K. S. Iyengar diz que a prática de pranayama retira as nuvens que encobrem a consciência, clareia a visão e nos ilumina para que possamos enxergar as coisas como elas realmente são - e assim estarmos mais preparados para fazer as escolhas certas.

Mais do que aprender diversos exercícios respiratórios (pranayamas), com as retenções, narinas alternadas, despertar do agni (fogo do manipura chakra), é importante focarmos a prática na respiração profunda e lenta. Perceber os pontos de tensão do corpo que impedem o inspirar e exalar com qualidade. É identificar a presença de emoções e pensamentos (memórias) que nos aprisionam, provocam medo, contração, e até mesmo rigidez, pois elas impedem o livre fluir de prana - energia orgânica - no corpo através dos nadis (condutos sutis para a filosofia/ciência do Yoga).

A respiração é uma entidade, algo de dentro pra fora, uma conexão entre ser e mente, ser e corpo, ser e coração (alma). Quando inspiramos, é de dentro que vem a inten…

Diga não aos agrotóxicos!

Diga sim apenas aos orgânicos, assim acabamos com esse assassinato em massa realizado pelos grandes produtores que não seguem nenhum dos yamas (código de conduta yóguica): ahimsa (não-violência), satya (veracidade), asteya (honestidade), arvajan (retidão), sauchan (pureza de pensamentos, emoções, ações).

Hari OM!

O Silêncio...

Conhecer o silêncio
Permanecer no silêncio
Cultivar o Silêncio
Honrar o silêncio
Respeitar o silêncio
Celebrar o silêncio
O silêncio é você.
...
No silêncio, transformações profundas acontecem.

Hari OM!