Pular para o conteúdo principal

TEMPO DA COLHEITA


"Assim como é feita a “Ultima Colheita”, as folhas secam e caem cobrindo as sementes que se desprenderam. No período de morte da natureza as sementes da esperança são recebidas para o momento de Renovação da Terra que chega com o Inverno.

É o momento para se livrar de “pesos-mortos” da vida. Queimar no Fogo Sagrado o que não se quer mais na vida, o que aprisiona, culpa, nega, entorpece. É o período das longas noites e dias curtos, o mês mais escuro quando a energia do Sol se afastou e os ventos refrigerados anunciam a chegada do frio. É também um momento de ação de graças a abundância recolhida e armazenada na preparação do Inverno que chega. O declínio da energia solar estimula e incentiva a esperança e a visão do futuro.

Esses ventos inspiram e orientam definições, são mais penetrantes, e despertam a geração do "fogo interior", impulsionando as pessoas para buscar um claro sentido no Caminho da Vida. A Roda Medicinal ensina que é o período para avaliar padrões que se repetem em nossas vidas e que voltarão no nosso futuro, se não deixarmos morrer essas partes dentro de nós, elas sabotam o verdadeiro encontro com o Ser Divino Interior, criando um personagem que alimenta a ilusão e desvia o buscador da realização plena da alma aqui na Terra.

Essa fusão fogo-terra é essencial para a concretização de idéias, de objetivos, planos. Esta lua que entramos e aproximadamente até 20 de maio, inspira adaptabilidade e a capacidade de viajar em silêncio em lugares de maiores medos.Ensina sobre a força de transformar o seu mais íntimo ser, trazendo todas as lições que se tenha aprendido. Ensina sobre a extensão da própria energia, habilidade para criar mudanças, curiosidade, desejo de verdade, adaptabilidade, paciência, tenacidade, ambição, poder e a deixar nossa marca bem penetrante."

Fonte: www.xamanismo.com.br

Quando o coração individual abre-se para o coração espiritual, cria um ambiente para que todos os corações humanos se abram e se expandam. Somos um só coração!

Hari Om!

Comentários

  1. Bom dia,

    Informação:

    Na próxima quarta-feira, dia 13 de Maio, a partir das 00:01, entrevista com Murilo Hildebrand de Abreu, dos blogues «Palavra de Osho» e «Os nascimentos das palavras» no meu blog «Cova do Urso»

    http://cova-do-urso.blogspot.com/

    O dia 13 de Maio tem um significado especial para Portugal e Brasil. No nosso país ocorreram as aparições marianas em Fátima e no Brasil, a escravatura foi abolida. Não poderíamos estar mais sintonizados com uma data tão especial.

    Estando você na lista de blogs do Palavras de Osho, talvez queira conhecer o homem que edita um dos blogs mais interessantes da actualidade. Apareça para dar um alô ao Murilo.

    Quarta-feira, dia 13 de Maio, a partir das 00:01

    Grato

    António Rosa

    (Apesar de estar a promover a entrevista do editor do Palavras de Osho, fiquei gratamente surpreendido e apreciei o seu blog, que não conhecia. Parabéns.)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Om. Shanti, Shanti, Shanti.

Postagens mais visitadas deste blog

INSPIRAÇÃO...

O mestre iogue B. K. S. Iyengar diz que a prática de pranayama retira as nuvens que encobrem a consciência, clareia a visão e nos ilumina para que possamos enxergar as coisas como elas realmente são - e assim estarmos mais preparados para fazer as escolhas certas.

Mais do que aprender diversos exercícios respiratórios (pranayamas), com as retenções, narinas alternadas, despertar do agni (fogo do manipura chakra), é importante focarmos a prática na respiração profunda e lenta. Perceber os pontos de tensão do corpo que impedem o inspirar e exalar com qualidade. É identificar a presença de emoções e pensamentos (memórias) que nos aprisionam, provocam medo, contração, e até mesmo rigidez, pois elas impedem o livre fluir de prana - energia orgânica - no corpo através dos nadis (condutos sutis para a filosofia/ciência do Yoga).

A respiração é uma entidade, algo de dentro pra fora, uma conexão entre ser e mente, ser e corpo, ser e coração (alma). Quando inspiramos, é de dentro que vem a inten…

Diga não aos agrotóxicos!

Diga sim apenas aos orgânicos, assim acabamos com esse assassinato em massa realizado pelos grandes produtores que não seguem nenhum dos yamas (código de conduta yóguica): ahimsa (não-violência), satya (veracidade), asteya (honestidade), arvajan (retidão), sauchan (pureza de pensamentos, emoções, ações).

Hari OM!

O Silêncio...

Conhecer o silêncio
Permanecer no silêncio
Cultivar o Silêncio
Honrar o silêncio
Respeitar o silêncio
Celebrar o silêncio
O silêncio é você.
...
No silêncio, transformações profundas acontecem.

Hari OM!