Pular para o conteúdo principal

A CONSCIÊNCIA VEM DE DENTRO...



Namaste!

Ontem, navegando num site de Hatha Yoga, me deparei com um pensamento de Richard Bach (logo abaixo!) que me lembrou a fala de um dos professores com quem aprendi muito da filosofia do Yoga. Ele dizia que a consciência na prática é do indivíduo, deve ser de dentro pra fora, não vinda das mãos do instrutor...Em minhas aulas faço ajustes suaves algumas vezes para o aluno sentir a energia circular quando o alinhamento se dá corretamente, mas evito-os com freqüência. Utilizo mais a comunicação verbal clara, objetiva, amorosa, que inspire e dê "segurança" dos passos a serem dados em cada postura (entrar, sair, permanecer, movimento/imobilidade...).

Percebo que alguns alunos gostam de ser tocados, sentem essa necessidade, e isso vai contra a "liberdade" proposta pelo Yoga. Esses ajustes freqüentes acabam tornando o aluno "dependente", longe de levar-lhe a uma maior consciência de seu corpo (de seus limites, de sua rigidez, etc.), de sua mente (de sua presença ou não no aqui agora), de seus padrões (emoções, comportamentos), entre outras coisas.

É claro que existem exceções, principalmente quando se trata de aluno particular...

Nas palavras de Richar Bach:

"Aprender é descobrir o que já se sabe. Praticar é demonstrar o que se sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você. Todos são alunos, praticantes e professores".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

INSPIRAÇÃO...

O mestre iogue B. K. S. Iyengar diz que a prática de pranayama retira as nuvens que encobrem a consciência, clareia a visão e nos ilumina para que possamos enxergar as coisas como elas realmente são - e assim estarmos mais preparados para fazer as escolhas certas.

Mais do que aprender diversos exercícios respiratórios (pranayamas), com as retenções, narinas alternadas, despertar do agni (fogo do manipura chakra), é importante focarmos a prática na respiração profunda e lenta. Perceber os pontos de tensão do corpo que impedem o inspirar e exalar com qualidade. É identificar a presença de emoções e pensamentos (memórias) que nos aprisionam, provocam medo, contração, e até mesmo rigidez, pois elas impedem o livre fluir de prana - energia orgânica - no corpo através dos nadis (condutos sutis para a filosofia/ciência do Yoga).

A respiração é uma entidade, algo de dentro pra fora, uma conexão entre ser e mente, ser e corpo, ser e coração (alma). Quando inspiramos, é de dentro que vem a inten…

Diga não aos agrotóxicos!

Diga sim apenas aos orgânicos, assim acabamos com esse assassinato em massa realizado pelos grandes produtores que não seguem nenhum dos yamas (código de conduta yóguica): ahimsa (não-violência), satya (veracidade), asteya (honestidade), arvajan (retidão), sauchan (pureza de pensamentos, emoções, ações).

Hari OM!

O Silêncio...

Conhecer o silêncio
Permanecer no silêncio
Cultivar o Silêncio
Honrar o silêncio
Respeitar o silêncio
Celebrar o silêncio
O silêncio é você.
...
No silêncio, transformações profundas acontecem.

Hari OM!