Pular para o conteúdo principal

SERENIDADE


“Uma das qualidades de uma mente serena é que ela não pensa muito. Isto porque ela é uma mente inocente. Ela pensa apenas o quanto for necessário. Uma mente serena pensará assim: OK, eu já pensei sobre isso então porque eu deveria pensar mais sobre isso? O silêncio dentro da serenidade é muito poderoso. Ele cria espaço para honestidade. A verdade é muito simples.” Mohini Panjabi, Serenity, Purity, November, 2001

Serenidade...Ser tranquilo, calmo, paciente, presente! Para cada uma dessas qualidades, diria virtudes, é necessário muita prática, pois a mente está sempre nos "jogando" para o futuro ou nos "travando" com lembranças do passado. Hoje uma aluna idosa após a aula veio conversar comigo muito emocionada. Após cinco meses de prática conseguiu levantar os braços na postura da montanha elevada (Urdhva Hastasana). O que para alguns pode parecer fácil, para ela foi uma enorme conquista em vários sentidos. Ela revelou um medo profundo (padrão emocional e mental)que a fez travar ombros, pescoço e braços por longos anos. Agora, ao criar espaços internos no corpo, na mente e no coração, ela começa a estar mais consciente - mais PRESENTE. A presença no aqui-agora traz SERENIDADE, pois conseguimos perceber a alegria, sentir a paz e refletir sobre a bênção que é nossa vida, em vez de viver no meio de limites rígidos, crenças e reações que nos levam ao sofrimento (disso o Budismo nos ensina muito!).

Hari Om!

Comentários

  1. O próximo post será sobre Savasana, a postura final da prática de Hatha Yoga. Aguardem!
    bjs,
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Já acompanho... pq não? Estou parada, mas passo aqui e já começo a respirar, ajeitar a postura, alongar... rs. Tá vendo o bem que vc me faz?! Beijos

    ResponderExcluir
  3. sim. Que lindo né, a SERENIDADE, como bem dissestes! Mas quais posturas tu usarías para melhorar ombros rígidos além dos aspectos pisicossomáticos que mencionou de uma aluna?!
    Hari Om.
    liliane

    ResponderExcluir
  4. Namaste!

    São várias posturas para a abertura dos ombros, mas como cada indivíduo tem um corpo, é preciso fazer a leitura e adaptações se necessário. Uso muito as posturas do Iyengar para casos como esses. mas posturas como a Ardha Bujangasana (meia-cobra), Shalabasana (gafanhoto) ou mesmo Urdhva Hastasana (braços elevados na postura da montanha), Jatara Parivatanasana (torçao deitada), Supta Badha Konasana com almofadão...

    Podemos trocar mais se tiver interesse.

    Hari Om!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Om. Shanti, Shanti, Shanti.

Postagens mais visitadas deste blog

INSPIRAÇÃO...

O mestre iogue B. K. S. Iyengar diz que a prática de pranayama retira as nuvens que encobrem a consciência, clareia a visão e nos ilumina para que possamos enxergar as coisas como elas realmente são - e assim estarmos mais preparados para fazer as escolhas certas.

Mais do que aprender diversos exercícios respiratórios (pranayamas), com as retenções, narinas alternadas, despertar do agni (fogo do manipura chakra), é importante focarmos a prática na respiração profunda e lenta. Perceber os pontos de tensão do corpo que impedem o inspirar e exalar com qualidade. É identificar a presença de emoções e pensamentos (memórias) que nos aprisionam, provocam medo, contração, e até mesmo rigidez, pois elas impedem o livre fluir de prana - energia orgânica - no corpo através dos nadis (condutos sutis para a filosofia/ciência do Yoga).

A respiração é uma entidade, algo de dentro pra fora, uma conexão entre ser e mente, ser e corpo, ser e coração (alma). Quando inspiramos, é de dentro que vem a inten…

Diga não aos agrotóxicos!

Diga sim apenas aos orgânicos, assim acabamos com esse assassinato em massa realizado pelos grandes produtores que não seguem nenhum dos yamas (código de conduta yóguica): ahimsa (não-violência), satya (veracidade), asteya (honestidade), arvajan (retidão), sauchan (pureza de pensamentos, emoções, ações).

Hari OM!

O Silêncio...

Conhecer o silêncio
Permanecer no silêncio
Cultivar o Silêncio
Honrar o silêncio
Respeitar o silêncio
Celebrar o silêncio
O silêncio é você.
...
No silêncio, transformações profundas acontecem.

Hari OM!