Pular para o conteúdo principal

Pedalando e dirigindo consciente...



Como dizia Paulo Freire, construtor de uma Educação Transformadora, "é necessário não só conhecer o mundo, é preciso transformá-lo". Conhecer para Freire não é um ato passivo do homem frente ao mundo, é antes de tudo conscientização.

O 22 de setembro é o Dia Mundial Sem Carros. Ao redor do mundo, multiplicam-se ações pela construção de cidades mais humanas e de um mundo mais sustentável e menos violento, com ações anti-consumo, anti-carro, anti-guerra, anti-globalização corporativa, em favor da criatividade, dos meios de transporte sustentáveis, da convivência no espaço habitado e da valorização da diversidade cultural e econômica.

O uso de bicicleta como veículo de transporte está contagiando cada vez mais os cariocas. Ao sair todos os dias com a minha bicicleta, observo que a cada dia mais pessoas estão com as suas na rua, seja passeando, indo pro trabalho, levando filhos na escola...Uma opção bem econômica, visto que pra ir e voltar de qualquer lugar próximo são R$ 4,20, no mínimo! É lógico que é uma visão da Zona Sul do Rio, onde moro e tem até ciclovia. Acho importante que as pessoas tenham essa consciência (mesmo que nasça de uma necessidade), pois é uma bandeira a ser levantada e defendida em prol de uma cidade menos polúída, engarrafada, com pessoas mais saudáveis, etc, etc, etc.

Conheço muitas pessoas que não pedalam no dia-a-adia por medo, insegurança, já que existem provas concretas de que muitos motoritas, sem generalizar, bastante influenciados pela mídia que vende as megas indústrias de autos, não têm a menor preocupação com o outro, só pensam em sentar-se ao volante e chegar rápido ao seu destino. Cada vez mais poderosos e distantes deles mesmos, uma pena! Ontem mesmo o sinal fechou e eu lentamente ia dando as primeiras pedaladas...Passou um carrão com uma mulher jovem e bonita dentro e disparou avançando o sinal na minha frente. Que sustão! Numa dessas dá vontade de desistir e amarelar...Haja Virabhadrasana (postura do guerreiro)!

Quem quiser saber mais a respeito do que está rolando, acesse o site do Rodas da Paz . Eles têm uma campanha bem legal (vide imagem).

Namaskar!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

INSPIRAÇÃO...

O mestre iogue B. K. S. Iyengar diz que a prática de pranayama retira as nuvens que encobrem a consciência, clareia a visão e nos ilumina para que possamos enxergar as coisas como elas realmente são - e assim estarmos mais preparados para fazer as escolhas certas.

Mais do que aprender diversos exercícios respiratórios (pranayamas), com as retenções, narinas alternadas, despertar do agni (fogo do manipura chakra), é importante focarmos a prática na respiração profunda e lenta. Perceber os pontos de tensão do corpo que impedem o inspirar e exalar com qualidade. É identificar a presença de emoções e pensamentos (memórias) que nos aprisionam, provocam medo, contração, e até mesmo rigidez, pois elas impedem o livre fluir de prana - energia orgânica - no corpo através dos nadis (condutos sutis para a filosofia/ciência do Yoga).

A respiração é uma entidade, algo de dentro pra fora, uma conexão entre ser e mente, ser e corpo, ser e coração (alma). Quando inspiramos, é de dentro que vem a inten…

Diga não aos agrotóxicos!

Diga sim apenas aos orgânicos, assim acabamos com esse assassinato em massa realizado pelos grandes produtores que não seguem nenhum dos yamas (código de conduta yóguica): ahimsa (não-violência), satya (veracidade), asteya (honestidade), arvajan (retidão), sauchan (pureza de pensamentos, emoções, ações).

Hari OM!

O Silêncio...

Conhecer o silêncio
Permanecer no silêncio
Cultivar o Silêncio
Honrar o silêncio
Respeitar o silêncio
Celebrar o silêncio
O silêncio é você.
...
No silêncio, transformações profundas acontecem.

Hari OM!