Pular para o conteúdo principal

É Primavera...Tempo de florescer...



No calendário sagrado a Primavera é uma época de muito florescer, a natureza nos presenteia com beleza, tesão, espontaneidade, admiração, vitalidade, espiritualidade, clareza, visão, amplitude, simpatia, frescura, novidade, verdade, entusiasmo e criatividade, disposição para se relacionar...

Mas como diz nosso astrólogo e homem sábio Hector Othon, também é tempo de trabalhar, de recomeçar, de arrumar a casa interna, estudar, ampliar a visão, expandir, se esvaziar, se abrir pro novo...

Temas que podem ser trabalhados:

- A infância e a adolescência. Realizar atividades que foquem a criança interior. Concientização dos mecanismos de controle perversos, abandono das emoções negativas de infância. Transmutação do negativo em positivo. Cura das atitudes.
- Os começos. É um bom momento para iniciar uma nova vida. Detecte onde adotar novas atitudes, onde se deve morrer. Especialmente observe o que foi amadurecido durante o inverno, o que durante os meses de julho, agosto e setembro foi desejado, anelado, sonhado para sua vida e concretize, realize.
- Limpeza. Finalize o período de limpeza, despojamento e purificação facilitado pela passagem do Sol pelo signo de Virgem. Libere tudo o que não estiver sendo usado. Reorganize armários.
- Clareza e lucidez. Experimentar rever a vida de uma perspectiva mais ampla. Favorecida a visão. Realizar atividades que ampliem as perspectivas da vida e visão dos próximos três meses. Definir com clareza as metas e propósitos a serem alcançados nos próximos três meses.
-Desenvolvimento do poder pessoal. Realizar atividades que permitam desenvolver a capacidade de decidir, realizar, tomar atitudes. Bom momento também para trabalhar o Poder de Expressão e comunicação pessoal. Exercícios que propiciem energia, intensidade e persistência.
- Relacionamento. Fazer um balanço dos relacionamentos e detectar onde melhorar. Preparar-se para o relacionamento.
- Amor e sexo. É um bom momento para se estudar a arte do amor e do sexo, a favor da vida. Estudo de tantra e taoísmo do amor e do sexo.
- Verdade. Entrar em contato com as verdades pessoais. Libertar-se de mentiras que possam estar ligando a velhos padrões ou costumes que impedem de recomeçar.
- Ação no mundo. A Primavera também propicia a habilidade para se trabalhar coisas terrenas desde uma perspectiva espiritual.
- Visão. Atividades que permitam ver o mundo com outros olhos, abrir novas perspectivas, novas fontes de criatividade, tornar-se mais otimista, observador, apaixonado ou determinado. Desenvolver a habilidade de enxergar longe, adiante, outros mundos.
- Liberdade e o livre arbítrio. Fazer um balanço da vida e checar o seu grau de liberdade e como está fazendo uso de seu livre arbítrio.
- A natureza espiritual das coisas. Realizar atividades que permitam desenvolver a visão espiritual da vida e da natureza.
- Ritos de passagem de meninos e meninas para a fase adulta.
- Autoconhecimento. Examinar o modo pessoal de ser. Checar as crenças pessoais. Detectar as crenças que deverão ser reformuladas ou abandonadas. Cura das atitudes.
- Decisão. Iniciativa. Coragem. Trabalhar o poder de decisão e a cura das atitudes a favor de uma vida mais verdadeira, espontânea e atuante.
- Beleza. Realizar atividades que potencializem a beleza pessoal.

Hari OM!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

INSPIRAÇÃO...

O mestre iogue B. K. S. Iyengar diz que a prática de pranayama retira as nuvens que encobrem a consciência, clareia a visão e nos ilumina para que possamos enxergar as coisas como elas realmente são - e assim estarmos mais preparados para fazer as escolhas certas.

Mais do que aprender diversos exercícios respiratórios (pranayamas), com as retenções, narinas alternadas, despertar do agni (fogo do manipura chakra), é importante focarmos a prática na respiração profunda e lenta. Perceber os pontos de tensão do corpo que impedem o inspirar e exalar com qualidade. É identificar a presença de emoções e pensamentos (memórias) que nos aprisionam, provocam medo, contração, e até mesmo rigidez, pois elas impedem o livre fluir de prana - energia orgânica - no corpo através dos nadis (condutos sutis para a filosofia/ciência do Yoga).

A respiração é uma entidade, algo de dentro pra fora, uma conexão entre ser e mente, ser e corpo, ser e coração (alma). Quando inspiramos, é de dentro que vem a inten…

Diga não aos agrotóxicos!

Diga sim apenas aos orgânicos, assim acabamos com esse assassinato em massa realizado pelos grandes produtores que não seguem nenhum dos yamas (código de conduta yóguica): ahimsa (não-violência), satya (veracidade), asteya (honestidade), arvajan (retidão), sauchan (pureza de pensamentos, emoções, ações).

Hari OM!

O Silêncio...

Conhecer o silêncio
Permanecer no silêncio
Cultivar o Silêncio
Honrar o silêncio
Respeitar o silêncio
Celebrar o silêncio
O silêncio é você.
...
No silêncio, transformações profundas acontecem.

Hari OM!