Pular para o conteúdo principal

Exploração em debate


Foto do filme "Anjos do Sol".

O Rio de Janeiro sedia de 25 a 28 de novembro, o III Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que reúne 3 mil participantes. A intenção é fortalecer a integração das redes de enfrentamento mundiais, mobilizando e encontrando novos caminhos para a efetivação das políticas que garantam o fim da violência sexual de meninas e meninas.

Nessa edição, os principais objetivos são o combate às novas formas de exploração - pela internet e pelo tráfico de pessoas - e também deliberar sobre a responsabilidade dos diversos segmentos da sociedade envolvidos no enfrentamento ao fenômeno. Com o tema "A garantia de direitos da criança e do adolescente e sua proteção contra a exploração sexual - por uma visão sistêmica", o evento se propõe a levantar a importância da temática, chamando a atenção dos governos e mobilizando articulações e políticas setoriais, junto aos representantes do legislativo, à família, à sociedade civil e ao setor privado.

A secretária-executiva do congresso e coordenadora do Disque 100, Leila Paiva, destaca a natureza complexa e multifacetária desse problema mundial. "A exploração está interligada ao machismo e às relações de poder, uma questão cultural. Também à pobreza, que é um divisor de águas na vida de milhares de crianças e adolescentes cujos corpos são tratados como mercadorias", diz. E para combater o problema, ela defende que as políticas públicas abordem o fenômeno segundo a perspectiva de Prevenção, Proteção e Responsabilização.

Leia mais: www.iiicongressomundial.net

Fonte: Agência de Notícias dos Direitos da Infância

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

INSPIRAÇÃO...

O mestre iogue B. K. S. Iyengar diz que a prática de pranayama retira as nuvens que encobrem a consciência, clareia a visão e nos ilumina para que possamos enxergar as coisas como elas realmente são - e assim estarmos mais preparados para fazer as escolhas certas.

Mais do que aprender diversos exercícios respiratórios (pranayamas), com as retenções, narinas alternadas, despertar do agni (fogo do manipura chakra), é importante focarmos a prática na respiração profunda e lenta. Perceber os pontos de tensão do corpo que impedem o inspirar e exalar com qualidade. É identificar a presença de emoções e pensamentos (memórias) que nos aprisionam, provocam medo, contração, e até mesmo rigidez, pois elas impedem o livre fluir de prana - energia orgânica - no corpo através dos nadis (condutos sutis para a filosofia/ciência do Yoga).

A respiração é uma entidade, algo de dentro pra fora, uma conexão entre ser e mente, ser e corpo, ser e coração (alma). Quando inspiramos, é de dentro que vem a inten…

Diga não aos agrotóxicos!

Diga sim apenas aos orgânicos, assim acabamos com esse assassinato em massa realizado pelos grandes produtores que não seguem nenhum dos yamas (código de conduta yóguica): ahimsa (não-violência), satya (veracidade), asteya (honestidade), arvajan (retidão), sauchan (pureza de pensamentos, emoções, ações).

Hari OM!

O Silêncio...

Conhecer o silêncio
Permanecer no silêncio
Cultivar o Silêncio
Honrar o silêncio
Respeitar o silêncio
Celebrar o silêncio
O silêncio é você.
...
No silêncio, transformações profundas acontecem.

Hari OM!