Pular para o conteúdo principal

RESPIRAR...

Inspiro, suspiro, profundo
Expansão repleta de coração
Eu e o corpo num encontro
Faço contato com algo cósmico
Dentro de mim flutuo
Vazio, nada, o Todo
Expiro, sedativo, aquieto
Contração de humildade
Unindo dentro e fora
Ego e não-ego
Apego e desapego
Só ser sendo o Todo.

Mariana Soares

Comentários

  1. Gostei do jogo de palavras usadas ,explanadas e espalhadas ,expondo sentimentos com muita sensibilidade no vai e vem desses seus pensamentos que eu admiro ,que fez colocar num único poema uma análise sua muito particular do modificar cadenciado de sensações que se usufrui quando se deixa levar naturalmente pelo fenômeno respiratório que todo seu corpo experimenta.
    Resumindo: Um poema construido com muito feeling de uma alma terna e reflexiva própria de sua pessoa

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Om. Shanti, Shanti, Shanti.

Postagens mais visitadas deste blog

INSPIRAÇÃO...

O mestre iogue B. K. S. Iyengar diz que a prática de pranayama retira as nuvens que encobrem a consciência, clareia a visão e nos ilumina para que possamos enxergar as coisas como elas realmente são - e assim estarmos mais preparados para fazer as escolhas certas.

Mais do que aprender diversos exercícios respiratórios (pranayamas), com as retenções, narinas alternadas, despertar do agni (fogo do manipura chakra), é importante focarmos a prática na respiração profunda e lenta. Perceber os pontos de tensão do corpo que impedem o inspirar e exalar com qualidade. É identificar a presença de emoções e pensamentos (memórias) que nos aprisionam, provocam medo, contração, e até mesmo rigidez, pois elas impedem o livre fluir de prana - energia orgânica - no corpo através dos nadis (condutos sutis para a filosofia/ciência do Yoga).

A respiração é uma entidade, algo de dentro pra fora, uma conexão entre ser e mente, ser e corpo, ser e coração (alma). Quando inspiramos, é de dentro que vem a inten…

Uma história inspiradora...

Há muito tempo atrás, no tempo em que os homens experienciavam a beleza, sensíveis as coisas vivas na Terra - a fala, a visão, a audição, o sêmen, a audição, a mente e a respiração – discursavam entre si para provar qual deles era o mais importante. Mas sem conseguir resolver o dilema, foram até Brahma e perguntaram:

- Brahma, ó grande criador, dentre nós, qual é o mais importante?
Brahma então respondeu:
-O mais importante é aquele cujo afastamento faça o corpo piorar.
No dia seguinte todos decidiram fazer a experiência ao refletirem sobre as palavras de Brahma. Cada um se afastaria por um ano para que os outros pudessem avaliar o efeito de sua ausência. A Fala foi a primeira a se afastar, e ao voltar após um ano perguntou:
- Como vocês viveram sem mim?
Os outros responderam:
- Como os mudos: não falando com a língua, mas vendo com os olhos, ouvindo com os ouvidos, respirando com a respiração, conhecendo com a mente, gerando com o sêmem. Assim vivemos. E a língua retornou ao seu lugar.

Aulas de Yoga no Espaço Akasha, Humaitá

Namaste!



O que você está esperando para iniciar sua prática de Yoga? Conheça os muitos benefícios desta prática milenar:

- Reduz o estresse;

- Regula o funcionamento dos sistemas digestório e respiratório;

- Melhora o sono;

- Promove a permanente sensação de bem estar;

- Equilibra a produção hormonal;

- Fortalece o sistema imunológico;

- Alonga os músculos;

- Melhora a qualidade de vida;

- Aumenta a capacidade de concentração e a criatividade.

Veja os horários do site do Espaço Akasha - www.espacoakasha.com.br - e agende uma aula experimental!

Mais informações: espacoakasha@gmail.com

Om Shanti Om